[Guilherme Garnier] Solução de problema com o Flash Player no Ubuntu com Firefox >= 3.6.4

Desde a versão 3.6.4, o Firefox possui um recurso chamado Crash protection (somente para Windows e Linux). Agora o browser cria um processo à parte chamado plugin-container para execução dos plugins do Flash, QuickTime e Silverlight. O objetivo é impedir que um erro na execução de um destes plugins trave o browser – caso isto ocorra, somente o plugin será interrompido.

Depois que atualizei o Firefox para esta versão – na verdade, atualizei diretamente do 3.6.3 para o 3.6.6 – no Ubuntu 10.04, o Flash simplesmente parou de funcionar, exibindo a mensagem “The Adobe Flash plugin has crashed”. Tentei reinstalar o Flash diversas vezes, tanto pelos pacotes adobe-flashplugin e flashplugin-installer usando o apt-get quando baixando um arquivo .deb diretamente. A página plugin check informava que o Flash estava instalado, porém com uma versão desatualizada (9.x). Também tentei reinstalar o Firefox e nada.

Depois de alguns dias de tentativas frustradas, finalmente tive a ideia de testar com outro browser. Pelo Chrome o Flash funcionava perfeitamente, ou seja, o problema estava diretamente relacionado com o Firefox.

Após mais algumas pesquisas, encontrei o artigo Plugin-container and out-of-process plugins. Descobri que há um parâmetro na configuração do Firefox (digite about:config na barra de endereços para acessá-la) chamado dom.ipc.plugins.enabled que permite habilitar ou desabilitar o crash protection para plugins de terceiros. Este parâmetro serve para qualquer plugin não especificado, e o valor padrão é false. Há um parâmetro específico para o plugin do Flash: no Linux é o dom.ipc.plugins.enabled.libflashplayer.so, e no Windows é dom.ipc.plugins.enabled.npswf32.dll. Este parâmetro tem o valor padrão true; depois que mudei para false, o Flash passou a funcionar na maioria dos sites; porém, os vídeos da Globo.com, por exemplo, continuaram não funcionando, mas passaram a exibir uma mensagem dizendo que o Flash estava desatualizado.

Para descobrir mais informações sobre os plugins, digitei about:plugins na barra de endereços. A página que apareceu mostrou duas versões de Flash instaladas: uma era a mais recente (10.x) e a outra estava desatualizada (9.x). Porém, esta tela não mostrava a localização de cada plugin. Para descobrir o path completo para cada plugin, voltei para a tela de configuração (about:config) e alterei o valor do parâmetro plugin.expose_full_path para true. Agora, a tela do about:plugins passa a exibir o path de cada plugin instalado.

Desta forma, descobri que havia uma versão mais antiga do Flash instalada no meu home (em /home/guilherme/.mozilla/plugins/libflashplayer.so). Não sei a ordem em que o Firefox procura os plugins, mas aparentemente este estava sendo utilizado em vez do mais atual, que fica em /usr/lib/flashplugin-installer/libflashplayer.so. Removi a versão que estava no home e o Flash voltou a funcionar perfeitamente, inclusive depois de reativar o crash protection.

Outras referências úteis não citadas:

Posts relacionados: