[Tiago Motta] Utilizando asserts para testar layouts

Um dos problemas encontrados em nossos testes de aceitação é a impossibilidade de validar a aparência exata do resultado final de uma determinada ação do usuário. Conseguimos validar com o watir se determinada div possui um texto, se determinado link está presente, mas nada impede que eles estejam escondidos, por trás de outro div, ou com letras da mesma cor do fundo. É sempre útil, mas não necessáriamente exato, sendo sempre um ponto de falha. Ainda mais em um sistema como o que estamos trabalhando em que o visual para o usuário tem uma grande importância.

Eu e o quixadá, mestre do javascript e meu par de hoje, trabalhamos em uma correção de bug visual, e como costumamos trabalhar com desenvolvimento outside-in, chegamos ao dilema de como criar um teste para garantir que a falha existia. A solução encontrada foi inserir asserts dentro do código javascript, tal qual a funcionalidade de asserts do java. O código da função assert ficou parecido com o mostrado abaixo:

function assert(mensagem,valorDesejado,valorRecebido) { if( valorDesejado != valorRecebido ) {   var html = '<div class="warning">' + mensagem + '</div>';   $('body').append(html);   throw mensagem; }}

Em nosso caso, tinhamos que ter a certeza de que após um clique do usuário a barra de rolagem do elemento mantinha-se da mesma forma que anteriormente. Então o código ficou parecido com o mostrado abaixo:

$.get( url, function ( responseHtml ) { var scrollAnterior = $('#opcoes').scrollTop(); substituiOpcoes( responseHtml ); assert( 'Deveria manter scroll igual', scrollAnterior, $('#opcoes').scrollTop() );});

No teste de aceitação verificamos então que o texto ‘Deveria manter scroll igual’ não deveria aparecer. O código do step do cucumber utilizando o watir pode ser visto abaixo:

Then /^a barra de rolagem deveria permanecer na mesma posição$/ do @browser.text.should_not include('Deveria manter scroll igual')end

Com o teste pronto e falhando, aí sim corrigimos a função javascript substituiOpcoes(html) de forma a manter o scroll anterior.

Não é uma solução perfeita. Estamos pesquisando uma melhor, como pode ser vista no post Testes de aceitação automáticos para Flash com T-Plan Robot do Anselmo. Mas enquanto isso podemos evitar alguns pontos de falha visuais que costumávamos ter que testar manualmente. Dado que nosso sistema possui 100% de cobertura de testes unitários, somados a 152 cenários de teste de aceitação que abragem 1568 passos, acho que estamos indo por um bom caminho.