[Rodolfo Carvalho] Como usar code-completion no console Python

É muito conveniente poder autocompletar comandos e propriedades de objetos Python no prompt de comando. Espero que a maioria de vocês já conheça o IPython, que cumpre muito bem não só esse papel, mas também tem outras funcionalidades muito boas. Confira! Vale a pela instalar, esteja você no Linux, Windows ou Mac…
Dentre as “melhorias” que o IPython traz, cito: autocompletar, indentação automática, sintaxe colorida (syntax highlight), macros, guarda todos os inputs e outputs dos comandos, gerenciamento de sessão, histórico avançado, debugger, etc.

De qualquer forma, para os momentos em que o IPython não está disponível, podemos nos virar com o console Python padrão e usufruir de autocompletar!
Use o seguinte código para ativar essa funcionalidade:

# .pythonrc.pyimport readline, rlcompleterreadline.parse_and_bind("tab: complete")

Você pode rodar esse código direto no console ou salvar em um arquivo, digamos ~/.pythonrc.py, e usar a variável de sistema PYTHONSTARTUP para que o Python execute o arquivo na inicialização. (Exemplo: colocar “export PYTHONSTARTUP=$HOME/.pythonrc.py” no arquivo ~/.bashrc)

Note que isto não substitui o IPython!