[Evandro Flores] Scrum um caminho sem volta

Eu tenho falado bastante de Scrum nos últimos tempos com alguns amigos fora da empresa, além de viver um bocado disso todo dia na Globo.com, então resolvi criar esse post para dar uma introdução ao Scrum, para aqueles que ainda não ouviram falar.

Scrum é uma metodologia ágil para gerenciamento de projetos, criada por Ken Schwaber, Jeff Sutherland e Mike Beedle na década de 90, baseada no Pensamento Lean (Lean Thinking), que segue algumas regras bastante simples:

Existem três papeis dentro do Scrum:

Product Owner – Representa os clientes do projeto. Sua visão é de negócio e deve mostrar essa visão ao Time. Ele é responsável em manter o Product Backlog e priorizá-lo baseado no valor de negócio.

Time – O Time é multidisciplinar e deve ter o conhecimento necessário para trabalhar no projeto em questão. Ele deve entender a visão do Product Owner para desenvolver incrementos para o projeto a cada Sprint de acordo com as prioridades definidas pelo Product Owner.

Scrum Master – É o facilitador do Time. Sua responsabilidade é resolver qualquer impedimento que o Time esteja enfrentando. Ele protege o time e trabalha com o Product Owner para maximizar o retorno de investimento. Ele cuida para que os ideais do desenvolvimento ágil sejam respeitados por todos.

Artefatos do Scrum:

Product Backlog – É uma lista de todos os requisitos ordenados pelo valor de negócio. A prioridade de um ítem no backlog pode mudar, requisitos podem ser adicionados ou removidos.

Selected Product Backlog - É o resultado do Sprint Planning. Define o que o Time aceitou durante o planejamento. Não pode ser modificado durante todo o Sprint.

Sprint Backlog – É a lista tarefas que o time define para cada História. Será utilizada para que o Time saiba o que será feito durante cada Daily Meeting.

Impediment Backlog - É a lista com todos os problemas the atrapalham o time a progredir. Pode ser dividida em duas listas, Team Impediment, que são os impedimentos que podem ser resolvidos pelo próprio time e Organization Impediment, aonde o time não pode resolver.

Dia-a-dia do Scrum:

Inicialmente fixa-se o tempo de cada Sprint, que no meu caso é de 15 dias, esse período é chamado Sprint.
No início de cada Sprint, realizamos o Sprint Planning 1. Trata-se de uma reunião para definir quais dos ítens do Product Backlog deverão ser implementados. A partir dessa reunião teremos o Selected Product Backlog, nesse ponto faremos uma nova reunião somente o Time e o Scrum Master para que o Time defina em tarefas o que é necessário para fazer cada história e a partir disso teremos o Sprint Backlog.

Todos os dias do Sprint o Time faz uma reunião de 15 minutos em um horário pré estabelecido e no mesmo local (Daily Meeting), aonde cada membro do time responderá tres perguntas.

O que eu fiz ontem?
O que eu vou fazer hoje?
Quais impedimentos estou enfrentando?

Ao fim do Sprint realizamos o Review e a Retrospective.
No Review o time demonstra ao Product Owner cada ítem do backlog. Caso algum ítem precise de alguma modificação, uma nova história deverá ser adicionada ao Product Backlog, da mesma forma novas idéias.

Na Retrospectiva o time identifica o que foi bom no Sprint e o que pode ser melhorado.

scrum flow